Flávia Nicolau – Você pode conquistar o que quiser

20160220_093635Eu preciso contar a história de vida da Flávia para que muitas mulheres se inspirem, como eu me inspiro nela. A conheci em um curso e fiquei os três meses de duração do curso pedindo uma entrevista, nunca consegui agendar tal encontro, nossas agendas não se conciliavam. Fomos juntas até São Paulo para o show do Maroon5, e passei o caminho todo (ida e volta) lembrando a ela que queria entrevista-la. Até que um dia consegui, e hoje compartilho aqui uma história de luta e conquista conciliada com a maternidade.

Quando se casou, a Flávia estava bem emprega em uma concessionária de energia elétrica, até que um dia ela conheceu a empresa Mary Kay, e ali descobriu uma oportunidade para ser autônoma. Achou que seria um ótimo momento, pois coincidiu com a descoberta de sua primeira gravidez.

Infelizmente, aos dois meses de gestação, a trompa estourou. Quando ela me contou isso, preparei para me solidarizar, para dar um colo de mãe e amiga, mas ela logo me esclareceu que ela encarou esse acontecimento como um aviso, um sinal de que seu corpo não estava fisicamente preparado e tanto seu emocional quanto seu psicológico também não estavam prontos para receber uma criança. Ela ainda me disse que isso não foi um trauma, foi um incentivo para aumentar sua fé e se tornar uma pessoa positiva. Aprendeu a não desistir pois tudo tem seu curso natural. Esse foi seu renascimento.

2014-01-16-09-34-41A partir desse momento, Flávia passou a cuidar de sua saúde, de seu emocional, aprendeu a ter um tempo para si mesma e sentiu que agora tinha as rédeas de sua vida. Assim, autônoma e dona de seus horários, aprendeu a ter equilíbrio em suas prioridades, fé, família e trabalho, podendo ter tranquilidade para gerar uma vida. Estabeleceu suas metas até atingir o cargo de Diretora de Vendas, sentindo que agora tem seu empoderamento pessoal. Hoje, consegue conciliar trabalho e família, onde coordena uma equipe, sempre com seu filho Luca ao seu lado.

img_0128Quando soube que estava grávida do Luca, decidiu atingir uma meta em seu trabalho que traria um benefício direto para a família, conquistou o carro rosa (prêmio máximo de sua empresa), no mesmo período que ganhou seu bebê. De forma que entendeu que se estivesse em uma empresa, ganharia apenas uma licença maternidade. Percebeu que com sua decisão, melhorou sua autoestima, tendo uma certeza ainda maior de suas escolhas e esforços. Quanto ao período equivalente a licença maternidade, ela trabalhou direto de casa dos últimos 3 meses de gestação até o bebê completar 3 meses de vida. Pôde ter a tranquilidade de que não voltaria da licença e seria demitida, como viu acontecer com muitas amigas.

Durante esse período que trabalhou em casa, teve a calma para cuidar da chegada de seu bebê e ainda, contou com a ajuda de seu marido que recebia as clientes e entregava os produtos. Ainda, teve desde o início a ajuda das duas avós, e da família toda,  que até hoje sempre cuidam do Luca quando ela precisa viajar a trabalho. Quem quer e pode, dá um jeito, Flávia atendia clientes e consultoras por telefone, WhatsApp, webcam e qualquer outro meio que possibilitasse uma aproximação.

img-20160603-wa0006O nascimento de seu filho foi um momento mágico em que ela estava toda maquiada e produzida para pegar seu bebê no colo. Flávia lembra rindo, que a médica perguntou onde ela ia toda arrumada, e ela respondeu que essa seria a primeira imagem que seu filho teria da mãe, que ela queria estar bem linda para ele.

Hoje, o Luca a ajuda no dia-a-dia do trabalho, a acompanha em palestras, fica com ela no escritório, ajuda a separar os produtos e colocar em sacolas e ainda se perde brincando em caixas de encomenda. O filho não só participa do trabalho da mãe, ele vê o dinheiro entrando, ele vê a cliente pagando pelo produto. Flávia colhe bons frutos que resultaram de um plantio cuidadoso e planejado, e se em algum momento ela sentiu medo, decidiu enfrentar e realizar.

10306775_853718991317182_6058133906997816950_nA dica que ela deixa para quem quer alcançar o sucesso é a de que “você consegue conquistar o que quiser desde que você saiba a forma que vê o mundo, cada produto que vendia olhava e via a casa nova, o carro novo, o que queria conquistar com aquela venda. As realizações vieram através de mini metas do cargo que queria e um trajeto de trás pra frente de quanto teria que fazer por mês”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: