Cumprir o que fala

Esse final de semana fomos na festa junina da escola da Isabela, como eu contei ano passado, a festa é grande e quem não conhece a escola se assusta com o tanto de gente e o espaço que tem lá. Ano passado toda hora estávamos ajudando alguma mãe a achar filho perdido no meio da festa. Desde as festas em que a Isabela era pequenininha e não podia sair de perto de mim, sempre combinei com ela que se sair de perto sem autorização minha ou não cumprir o que conversamos vamos embora na mesma hora. Sempre dei a ela a falsa ilusão de que estava solta pela festa, mas eu sempre estou de olho, cada vez dando mais espaço real para ela ser independente.

IMG-20160620-WA0007
Fotos cedidas pela mãe de um amigo da Isabela. Grupo de mães no WhatsApp sempre me salvando.

Como sempre conversamos isso antes de qualquer festa ou passeio em locais grandes ou com multidão, e como hoje ela já tem 8 anos, eu não preciso ficar reforçando. A gente só vai para as festas e eu fico tranquila, sempre aviso a ela onde estarei e ela sempre me avisa onde estará, assim podemos curtir com nossos amigos em separado mas sempre sabendo onde a outra está.

Muitas pessoas vieram me elogiar que a Isabela me obedece, que ela para de brincar para se alimentar, que ela sempre verifica onde estou, essas coisas que crianças odeiam fazer e mesmo reclamando (e muito) ela faz. Essas mães não viram o tanto que ela reclama quando vai, só viram que ela estava obediente. Não viram ela falando “nem a pau que vou por blusa de frio”, e cinco minutos depois estava agasalhada. Não viram ela falando “se quiser que eu coma traga aqui”, só viram ela indo comigo até o local certo de comer.

Algumas dessas pessoas já me criticaram muito porque eu simplesmente, cato o braço da Isabela e falo “se não rolou colaboração, não rolou diversão” e saio das festas e vou pra casa. Hoje, o que eu falo é apenas cumpra sua parte do combinado ou vamos embora. Qual é a parte dela no combinado: curtir muito a festa sem ficar doente ou passar mal. Parece fácil mas não é, eu tenho que me preocupar se ela está hidratada, alimentada e agasalhada. Se ela não concorda com isso vamos embora que em casa ninguém estressa.

E vamos mesmo, eu nunca falo “na próxima vamos embora”, simplesmente pego ela e vamos embora. Faz anos que não precisamos ir embora dos lugares, porque quando ela viu que para se divertir, bastava concordar com o básico, seu próprio bem estar, ela nunca mais deu trabalho com essas coisas.

Não era só ir embora, era não ir na próxima festa que fossemos convidadas. Sempre reforço a importância para ela de cumprir tudo isso, digo sobre se agasalhar e não ficar resfriada, lembro o que é estar doente. Falo que se não se hidratar ou não se alimentar vai passar mal e além de ter que ir embora vai estar fraca e com dores. Mostro sempre que a única prejudicada será ela.

Isso de não ir na próxima festa é muito difícil de cumprir, acho muita sacanagem quando falto em um aniversário de alguém que gosto muito, sacanagem comigo e com a pessoa. Mas hoje só podemos ir em tudo (ou quase tudo, às vezes ainda rola uma pisada na bola), é porque eu fiz ela ficar em casa de castigo, e eu também me sinto de castigo perdendo algo que quero, mas é o preço da paz e da criança crescer com o que eu acho que deve aprender.

Já fui chamada por outras mães de má e cruel. Se fazer minha filha se alimentar, se hidratar e se agasalhar é chamado de crueldade por essas mães, elas estão bem loucas. E o castigo não é nada pesado, é só não ir na festa, enquanto fica em casa vivendo normalmente sua vida, vai poder ver TV, jogar vídeo-game, brincar com seus brinquedos, só não vai estar na festa.

Quando falam que a Isabela é muito boazinha porque topa essas coisas em festas eu sempre falo que ela tá boazinha porque quer ficar na festa. Tudo isso para que ela fique bem, curta a festa até o fim (só fomos embora na hora que ela quis, ou seja, quando acabou a festa). Ela fica solta, brincando do que quiser e o quanto quiser, sempre avisando onde e com quem está.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: