O Sentido do Carnaval

Esse carnaval nós fomos cada dia em uma festa dedicada às crianças. A Isabela se divertiu muito nas guerras de confetes que se deram ao som das clássicas marchinhas. Os bailes qFeatured imageue nós fomos tinham como propósito resgatar as tradicionais músicas carnavalescas e palhaços animando as crianças. Minha filha gostou tanto que ela quis saber mais sobre o carnaval. Foi quando me deparei com a dúvida, como explicar isso para as crianças?

Eu não queria dizer que é a festa da carne para extravasar antes da quaresma ou que era um ritual pagão. Sei muitos significados, mas nenhum que faça sentido para ela ou que me motive a deixá-la comemorar.

Sou contra a pessoa exagerar para depois se punir por quarenta dias e também não acredito nos deuses da Grécia antiga para cultuá-los. Enfim, não haveria razão para eu estar no carnaval. Mas é uma festa divertida e eu quero participar.

Então, depois de pensar, achei um motivo para isso. Falei para a Isabela que o carnaval são os dias que temos para lembrar que a vida deve ser alegre, feliz e do jeito que quisermos ser. Podemos nos fantasiar, nos vestir como bem entendemos, usar as cores que escolhemos. Não existe moda ou roupa certa. São os dias de jogar confete, serpentina, brincar, correr, fazer trenzinho pelo salão. Dançar como se ninguém estivesse olhando. Dormir a hora que quiser, acordar tarde, comer fora de hora. São os dias que tiramos para lembrar que a vida não precisa ser tão séria, que pode ter leveza em tudo. O feriado prolongado que decidimos se queremos dormir, bagunçar, estudar ou não fazer nada. A festa que podemos dar o significado que quisermos.

Depois dos bailes que fomos, das brincadeiras que fizemos, dos amigos que encontramos e das marchinhas que encantaram a Isabela, ela concluiu que não deve existir pessoa que não goste do carnaval.

Eu não gosto. Ou melhor, eu só gosto dessas festas para as crianças. Eu não gosto de sujeira e parece que as pessoas acham que carnaval pode jogar lixo em qualqFeatured imageuer lugar ou fazer xixi no meio da multidão. Sem falar naqueles que agarram os outros a força, os que brigam, os que tumultuam e estragam a festa.

Como esquecer as regras da sociedade faz parte de um dos significados do carnaval, eu opto por não estar no meio da multidão.

O bom do carnaval é isso, podemos escolher a forma de comemorar, o lugar, o motivo. Afinal, é a maior festa do Brasil então tem comemoração para todos os jeitos, gostos, bolsos e lugares.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: